Publicado em: 29/08/2019 20h20 – Atualizado em: 29/08/2019 20h30

Operação Ghostwood: 1ª Vara Federal de Ponta Porã expede 34 mandados para desarticular organização criminosa especializada na emissão de DOF falsos

 

A 1ª Vara Federal de Ponta Porã expediu 10 mandados de busca e apreensão, 12 mandados de suspensão de atividade econômica e 12 mandados de interdição e lacração de estabelecimento, para viabilizar a Operação Ghostwood, deflagrada pela Polícia Federal nesta quinta-feira (29/8)

A operação, realizada em conjunto com o Ibama, tem o  fim de desarticular uma organização criminosa especializada na emissão de Documentos de Origem Florestal (DOF) falsos.  As ordens judiciais estão sendo cumpridas nas cidades de Campo Grande, Ponta Porã, Dourados, Sete Quedas e Umuarama/PR.

A investigação apurou a existência de uma associação criminosa voltada à emissão e recebimento de Documentos de Origem Florestal falsos. Em regra, a emissão dos DOF’s falsos tem como finalidade ludibriar a fiscalização e legalizar produtos de origem florestal adquiridos de forma ilegal.

Para a emissão e recebimento dos Documentos de Origem Florestal falsos, os investigados utilizavam tanto empresas de fachada quanto madeireiras em pleno funcionamento.

A operação foi batizada de GHOSTWOOD em razão do referido termo significar MADEIRA FANTASMA. 

 

Seção de Comunicação Social