Publicado em: 01/07/2020 16h27 – Atualizado em: 01/07/2020 16h30

CJF disponibiliza pesquisa de opinião para avaliar a Justiça Federal

 

30/6/2020 - Levantamento servirá para definição de metas para o ciclo estratégico 2021-2026 

O Conselho da Justiça Federal (CJF) realiza, até o dia 10 de julho, uma pesquisa de opinião que visa avaliar o papel, a missão, os desafios e as estratégias adotadas pelo Poder Judiciário Federal na prestação do serviço à população. O levantamento está de acordo com o estabelecido pela Resolução CNJ 221/2016, que institui os princípios da gestão participativa e democrática na elaboração das metas do Poder Judiciário. 

A pesquisa foi elaborada com apoio dos gestores de metas e das áreas de estratégia dos Tribunais Regionais Federais (TRFs) e contempla quatro públicos-alvo: magistrado, servidor, advogado e cidadão. 

O levantamento está dividido em três partes e estruturado em 15 perguntas que podem ser avaliadas em cinco níveis de satisfação. A primeira parte trata da missão da Justiça Federal, questionando a efetividade e a transparência. Na parte “B”, devem ser avaliados os desafios a serem enfrentados no Judiciário quanto a: garantia dos direitos fundamentais;  relação judiciário e sociedade; prestação jurisdicional; enfrentamento à corrupção, à improbidade administrativa e aos ilícitos eleitorais; fortalecimento da estratégia nacional de tecnologia da informação e de proteção de dados; entre outros. Por fim, o item “C” quer saber sobre outros temas que deveriam ser priorizados pela Justiça Federal. 

Após a conclusão do levantamento, os relatórios dos resultados serão disponibilizados no Observatório da Estratégia da Justiça Federal, no endereço eletrônico www.cjf.jus.br/observatorio, que servirão de insumos para a definição das metas para o ciclo 2021-2026. 

O Observatório da Estratégia da Justiça Federal, instituído pela Resolução CJF nº 400/2016, é uma iniciativa destinada a acompanhar, monitorar, motivar e comunicar as ações vinculadas à estratégia da Justiça Federal, descritas na Resolução CJF nº 313/2014. Desenvolvida internamente ao CJF, a plataforma apresenta visualizações de indicadores, instruções sobre metodologias de trabalho e, ainda, a organização de documentos de referência na gestão do planejamento, dos projetos e das metas estratégias da Justiça Federal conforme o Artigo 6 da Resolução CNJ nº 215/2015, que dispõe no âmbito do Poder Judiciário sobre o acesso à informação e a aplicação da Lei 12.527/2011. 

Assessoria de Comunicação Social do TRF3 

http://web.trf3.jus.br/noticias/Noticias/Noticia/Exibir/39

Fonte: TRF3 em 01/07/2020