Publicado em: 31/03/2020 19h19 – Atualizado em: 23/06/2020 13h56

Em regime de teletrabalho, Justiça Federal de Ponta Porã realiza audiência em ambiente virtual

                                                           Depoimento de testemunhas, interrogatório do réu e memoriais, todos os atos realizados em ambiente virtual

Com intuito de combater a disseminação do COVID-19, o atendimento ao público externo, bem como as audiências presenciais, foram suspensos na Justiça Federal de Mato Grosso do Sul. No entanto, isso não tem impedido as audiências criminais de serem realizadas, uma vez que servidores e magistrados continuam trabalhando em regime de teletrabalho.

Hoje (31/03), em Ponta Porã/MS, foi realizada uma audiência em que as únicas presentes na sede da Justiça Federal foram a servidora, que secretariou o ato e a advogada dativa do réu. O Juiz Federal Vítor Figueiredo de Oliveira, o representante do MPF e as testemunhas, participaram da audiência em seus domicílios.  Já o réu foi interrogado do presídio.

Todos os virtualmente presentes acessaram a sala virtual da 2ª Vara Federal mediante conexão no sistema "Cisco", que permitiu a interação online dos participantes por videoconferência.

O MPF apresentou suas alegações finais orais, tendo a defesa requerido prazo para apresentação dos memoriais escritos.

Diante da pandemia que paralisou o país e o mundo, novas ferramentas têm sido implementadas para que o trabalho não pare e para que os prejuízos às partes sejam os menores possíveis. Nesse desafio, a tecnologia têm sido uma grande aliada. O atendimento às partes tem sido feito por e-mail, a distribuição de processos, despachos, decisões e sentenças continua sendo feito pelos Sistemas PJ-e e SisJEF.

Autos: 5001175-82.2019.403.6005

Seção de Comunicação Social